1x1.trans  Elvis Cezar prefeito Interino de Santana de Parnaíba garante que haverá novas eleições

O presidente da Câmara de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB), assumiu interinamente a Prefeitura na tarde desta terça-feira, 20, em sessão solene na Câmara Municipal. Durante a cerimônia, Elvis reafirmou que a cidade deve ter nova eleição para escolher o prefeito. “Vai ter nova eleição. Não tem tribunal nesse país que pode tirar o direito do povo eleger seu representante”.

Elvis chorou no plenário ao falar de sua trajetória política e a de seu pai, Marmo Cezar (PSDB), que teve de deixar o cargo na semana passada por ter tido o registro de candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A negativa se deve à rejeição, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), das contas de Marmo quando foi presidente da Câmara Municipal da cidade, em 2000.

“Não tem tribunal nesse país que pode tirar o direito do povo eleger seu representante”, diz prefeito interino

Desde a decisão do TSE, em maio, a cidade vive uma incerteza sobre se Marmo conseguirá reverter sua situação na Justiça e continuará no cargo; se haverá novas eleições, já que Marmo havia vencido as eleições de outubro com mais de 50% dos votos.

O segundo colocado nas eleições foi o ex-prefeito Silvinho Peccioli (DEM), que também já disse acreditar que haverá nova eleição e, se houver, deve ser candidato novamente.

Elvis Cezar afirma que o pai continua tentando reverter sua situação e se manter na Prefeitura, com recursos no TSE e no Supremo Tribunal Federal (STF).

Se a cassação do registro de candidatura de Marmo for mantida, Elvis garante que haverá nova eleição: “A Lei Eletoral é claríssima: se um candidato teve seu registro indeferido, mas obteve mais de 51% dos votos, haverá nova eleição. Na pior das circunstâncias, haverá nova eleição”, afirma, em vídeo divulgado esta semana no canal oficial da Prefeitura no Youtube. “Não há nenhuma possibilidade de o segundo colocado assumir a Prefeitura”, diz Elvis.

 

Visão Oeste