<

Tragédia no Japão-Tsuname invade a cidade de Miyako

O sismo e tsunami que atingiram o Nordeste do Japão nesta última sexta 11 de março já provocaram a morte de 5.178 pessoas e 8.606 desaparecidos, segundo um novo balanço provisório estabelecido pela policia nacional

Indícios indicam que em Ishinomaki, uma cidade da província de Miyagi, tem mais de 10.000 habitantes desaparecidos pela tragédia que abalou o Japão.

As equipes de salvamento indicaram que havia poucas hipóteses de encontrar sobreviventes.

Após o violento sismo e o tsunami de sexta feira, (11) a central nuclear de Fukushima n° 1, situada apenas a 250 quilometro a nordeste de Tóquio, tem registrado uma série de incidentes graves, fazendo aumentar os receios de uma contaminação radioativa no arquipélago.

Desde o violento tremor cada um dos reatores (um, dois e três) sofreu uma explosão, tal como o reator quatro, que estava em manutenção quando se deu o sismo.

Alem dos três reatores que estavam em funcionamento na hora do sismo, o quarto reator é que constitui  a maior preocupação para as autoridades. O presidente do organismo Gregori Jaczko, acredita que houve uma explosão de hidrogênio, quebrando o sistema secundário de contenção, elevando o nível de radiação.

A autoridade de regulação nuclear Americana admitiu que o reator 4 da central nuclear Fukushima, no Japão, esta sem água, o que  faz o nível de radiação aumentarem extremamente.


Imagens da Tsunami chegando ao Japão

Tsunami invade a cidade de Sendai no Japão

Logo Após Tsunami

Tragédio no Japão

Terremoto no Japão

Explosão da Usina Nuclear em Fukushima

Comments

comments

Etiquetas

  • tsunami no japão 2011