Alimentação mais saudável?,qualidade de vida, saude,

Alimentação mais saudável?

Compartilhe se gostou !

Para ter uma alimentação mais saudável as vezes é necessário trocar um alimento ou um ingrediente por uma opção mais saudável e isso pode trazer muitos benefícios para a sua saúde. 

Cozinhar é uma arte que pede muita criatividade, afinal, quando nos deparamos com a falta de um ingrediente, temos que substitui-lo e ainda garantir o sabor.

 

Outro momento importante para trocar alimentos é quando nos deparamos com uma situação nova, uma doença, por exemplo, onde há restrições alimentares ou até mesmo uma intolerância.

 

Fazer substituições pode promover uma melhora na qualidade de vida, do funcionamento do organismo e até do humor. Veja abaixo, as dicas que a equipe de nutrição do Einstein preparou.

 

1 – Refinados por integrais

 

Os carboidratos refinados são ricos em farinha branca ou açúcar e possuem um alto índice glicêmico, elevando o açúcar no sangue e contribuindo para o aparecimento de doenças como diabetes e obesidade. Já os carboidratos integrais possuem menor índice glicêmico e uma maior quantidade de fibras, que são responsáveis por aumentar a saciedade, controlar a glicemia e auxiliar na perda e/ou manutenção de um peso saudável. Além disso, possuem muito mais vitaminas e minerais quando comparados com a versão branca.

 

2 – Frituras por grelhados e assados

 

As frituras são prejudiciais à saúde e aumentam o valor calórico dos alimentos. A melhor opção é trocar frituras por preparações grelhadas, assadas ou cozidas.

 

3 – Temperos prontos por temperos caseiros e ervas naturais

 

Os temperos artificiais e o sal refinado são ricos em sódio e podem aumentar o risco de pressão alta, retenção de líquidos, problemas renais e doenças cardíacas.

 

Seu excesso é prejudicial à saúde. Já os temperos naturais (ervas e especiarias) dão muito mais sabor e são muito mais benéficos para o organismo. Uma dica saudável e saborosa é usar o sal de ervas para cozinhar e temperar a sua salada.

 

4  – Achocolatado por cacau em pó

 

Os achocolatados são ricos em açúcares, conservantes e possuem pouco cacau na sua composição. Já o cacau em pó é rico em antioxidantes, polifenóis e não possui açúcar. Alguns benefícios do cacau são auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares, controle da pressão arterial, melhorar o humor e a sensação de bem-estar.

 

5  – Barra de cereal por mix de nuts ou barra de castanhas

 

As barrinhas de cereal normalmente são ricas em açúcar, xarope de glicose, pouca fibra e nutrientes. Uma troca inteligente é substituir a barra de cereal por um mix de nuts ou barra de nuts (castanhas ou sementes) de melhor qualidade.  Elas possuem gorduras boas que ajudam na saciedade, prevenção de doenças cardiovasculares e muitos nutrientes como selênio, magnésio, complexo B e vitamina E. Mas cuidado com a quantidade da porção porque também são calóricas, portanto consuma em média 25g.

 

6 – Açúcar refinado por açúcar demerara ou mascavo

 

O açúcar refinado é rico em calorias e pobre em nutrientes e o seu alto consumo está relacionado com o aparecimento de doenças como diabetes, obesidade, entre outros. Já o açúcar mascavo e demerara passam por um refinamento mais leve, mantendo alguns nutrientes, mas ainda assim possuem alto valor calórico e devem ser consumidos com moderação.

 

7 – Refrigerantes por suco natural ou água com gás, gelo e limão

 

Todo mundo sabe que refrigerante não faz bem para a saúde e que são ricos em corantes, conservantes, açúcares ou adoçantes. Nada melhor do que trocar por suco natural de fruta que é rico em vitaminas e fibras, sendo uma opção muito mais saudável. Você ainda pode adicionar folhas e vegetais para aumentar ainda mais o valor nutricional e teor de fibras.

 

Outra sugestão que pode ser consumida sem exageros, é a água com gás e limão espremido.

 

8 – Produtos industrializados por comida de verdade

 

O excesso de produtos industrializados tem contribuído para o aparecimento de diversas doenças da atualidade. Esses produtos possuem muita química, açúcar, gorduras ruins, conservantes e corantes. A melhor opção é trocar esse tipo de alimento por opções mais naturais e menos processadas, que são ricas em antioxidantes, vitaminas, fibras e minerais, como por exemplo: frutas, verduras, legumes, carnes magras, azeite, cereais integrais, entre outros, que são fundamentais para uma alimentação saudável e melhor qualidade de vida.

 

​Site Original: Clique aqui

Fonte: Equipe de Nutrição do Hospital Israelita Albert Einstein

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *