Beleza

Antioxidante – Arma contra as Rugas

O processo de envelhecimento da pele pode ser atribuído a dois fatores: os intrínsecos e ao foto-envelhecimento. Na maioria dos casos eles estão sobrepostos. Os radicais livres são caracterizadas por alta reatividade e facilidade de oxidação de outras moléculas. Radicais livres são moléculas que apresentam um ou mais elétrons não pareados.

A pele está constantemente exposta ao estresse oxidativo, que são gerados a partir de fontes do corpo (“toxinas”), Além dos estímulos externos, tais como ultra violeta (UV) poluição, cigarro etc.

Assim ficamos vulneráveis às toxinas internas e externas.

Um antioxidante é definida como uma substância que é capaz de impedir ou atrasar significativamente a oxidação de um substrato. Elas evitam danos oxidativos estruturais. Isto sugere que os antioxidantes desempenham um papel central na defesa da pele a fim de evitar um desequilíbrio entre os estímulos pró-oxidantes e antioxidantes.

Para combater essas toxinas existem 2 frentes de combate:

1.     Antioxidantes orais: complexos vitamínicos que agiriam como antioxidante combatendo de dentro para fora o excesso de toxina no corpo gerando uma pausa no processo de envelhecimento

2.     Antioxidantes tópicos: cremes com propriedades antioxidantes que especificamente na pele interrompem a ação das toxinas retardando o envelhecimento

Assim surgiu mais uma ferramenta no combate as rugas, essa é a tendência mais atual de tratamento dermatológico as rugas. Combater com ações preventivas (protetor solar fps 60) e um antioxidante.

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *