Culinaria

D.O.M Restaurante – Cozinha Contemporâneo

D.O.M. Restaurante – Cozinha Contemparâneo

 

Um pouco da arte de Alex Atala e sua equipe em transformar ingredientes em prazer na mais premiada cozinha da América do Sul.

Um novo ponto de vista do D.O.M., eleito o 7º melhor restaurante do mundo pelo S. Pellegrino World’s 50 Best Restaurants 2011.

Restaurante: DOM – São Paulo/Brasil – domrestaurante.com.br

D.O.M.Restaurante

 

D.O.M. é um acrônimo da expressão latina “Deo Optimo Maximo” (Deus é ótimo e máximo), usada tradicionalmente pelos monges beneditinos que se esmeravam em preparar suas refeições, com ingredientes frescos e de melhor qualidade. O restaurante faz jus ao seu nome.

Chef: Alex Atala

chef Alex Atala

O restaurante do Chef Alex Atala alcançou a honrada e merecida colocação como o 7º restaurante do mundo, dentre dos 50 melhores, pela lista de S. Pellegrino da renomada revista inglesa “Restaurant”. A premiação é uma das mais influentes e importantes, uma das únicas a avaliar restaurantes da América Latina. Nenhum dos outros brasileiros ou da América do Sul, constam na lista.

D.O.M. é o único restaurante do Brasil considerado pela revista Época São Paulo o melhor contemporâneo pelo terceiro ano consecutivo. Quem consegue ocupar um dos 50 lugares do elegante salão experimenta uma culinária provocante, sobretudo pelo uso de ingredientes corriqueiros que ganham novos contornos mediante as técnicas aplicadas.

São Paulo D.O.M.

Seu menu-degustação  de quadro (R$ 280) ou oito  etapas (R$400) pode começar com sardinha marinada em vinagre de garapa com azeitonas, harmonizada com uma taça de espumante rose e licor de jabuticaba.

O Chibé (receita indígena) tem na farinha puba trazida do Pará uma nota fermentada muito presente, cuja textura granulada se transforma em perfeito leito para o tenro camarão e minilulas “cozidas” em água com gelo e sal.

As gorduras ostras de Santa Catarina chegam á mesa empanadas com farinha de brioche e envoltas em tapioca hidratada na água do próprio molusco. Na boca, essa porção minimalista se transforma  em uma sensação lúdicas de bolinhas que se desfazem, cada uma a seu tempo, liberando o frescor do mar evidenciando pelo gosto das ovas de salmão que coroam o prato. Cozida a vácuo por cinco horas, a costelinha ao malbec exibe a crosta caramelada e se revela intensa no sabor, macia em textura e contraste com a mandioca palha, bem sequinha e crocante.Para encerrar, o chef prepara torta de castanha-do-pará com sorvete de uísque, sobre uma base de chocolate derretido com, pimenta, um chuvisco de flor de sal, curry e folhinhas rúcula- uma mescla ousada de álcool e especiarias pontuada de picância e amargor, que tende a agradar a paladares adulto.

O cardápio fixo, com uma compilação de receitas criadas ao longo dos últimos dez anos, se manteve inalterado  de 2010 para 2011 por causa da aceitação do público, que ora é surpreendido por ingredientes nunca experimentado e ora se emociona com um gosto que remete ao passado.

 

Faça sua reserva com antecedência através do telefone

T.+ 5511 3088.0761

O D.O.M. possui um espaço privativo para jantares e eventos com até 24 pessoas.

Para agendar, entre em contato através de

eventos@domrestauranre.com.br ou +55 11 3068-4444 r.121

Rua Barão de Capanema 549 Jardins. São Paulo. SP. Brasil

Almoço

Segunda a sexta-feira 12h – 15h

 

Jantar

Segunda a quinta-feira 19h – 0h

Sextas e sábados            19h – 01h

Domingos

Fechado

 

Para saber mais: clique aqui

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *