Linhas Pedagógicas

Compartilhe se gostou !

Montessoriana: idealizada pela italiana Maria Montessori, valoriza as percepções e sensações. O Papel do professor é identificar as dificuldades do aluno e ajudar a superá-las. A grade curricular é dividida em cinco áreas ( vida cotidiana, estimulações sensorial, linguagem, matemática e ciências) e a divisão das turmas é por idade. As atividades são feitas em grupos, estimulando a cooperação. Os alunos são avaliados pelo desempenho e não existem provas formais.

Construtivista: inspirada nos estudos do suíço Jean Piaget, o aluno é instigado a pensar para chegar a conclusões próprias. A proposta é que a criança participe ativamente do aprendizado por meio da experimentação, desenvolvendo o raciocínio lógico. O Professor é um verdadeiro guia. A avaliação é feita com base no desempenho geral do aluno e não somente nas notas da provas.

Tradicional: utilizada na maioria das escolas, o conteúdo é passado em aulas expositivas com ênfase na repetição e memorização. Acredita-se que a formação do aluno crítico depende da quantidade de informação que ele consegue absorver, mesmo que de maneira passiva. A avaliação é realizada com provas e trabalhos, e as notas definem o progresso de cada um.

Waldorf: baseado na antropofasia, elaborada pelo austríaco Rudolf Steineir, trabalha os aspectos físico, psicoemocional e espiritual do aluno. Nos primeiros anos, estimula-se a coordenação motora, depois, dos 7 ao 14 anos, a criança é alfabetizada e tem a compreensão dos sentimentos e, por fim, até completar 21 anos, o estudante exercita o pensamento e faz análises críticas do mundo. A avaliação é baseada no dia a dia e o resultado é um adulto seguro e em equilíbrio consigo mesmo

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *