Supermapa do genoma humano abre caminho para novas descobertas médicas

Compartilhe se gostou !

Cientistas publicaram o mapa mais detalhado do genoma humano.

 

 

Estudo abre caminho para diagnosticar doenças, como diabetes, pressão alta e câncer, com mais precisão e criar medicamentos mais eficazes.

Uma equipe de 400 cientistas fez a análise mais completa, até agora, do genoma humano. Um estudo que abre caminho para mudanças significativas no diagnóstico e no tratamento de doenças.

Foram nove anos de pesquisa e quase US$ 200 milhões investidos pelo governo americano para se chegar a mais detalhada análise do genoma humano, que contém as informações para a construção e funcionamento de nosso organismo. Cientistas de vários países descobriram que uma parte do DNA, até aqui considerada descartável, tem papel vital no desenvolvimento de características das pessoas e algumas doenças.

Essa parte do DNA funciona como um conjunto de “interruptores”, que ligam e desligam os genes. Esse processo é o que regula o comportamento de células, tecidos e órgãos.

Segundo os pesquisadores, se os “interruptores” desativam um gene que causa uma doença, ela não aparece. Mas se eles alteram um gene saudável, o paciente pode desenvolver uma doença genética. Isso explicaria porque entre gêmeos idênticos, em alguns casos, um desenvolve algum tipo de câncer ou depressão, enquanto o outro permanece saudável.

O trabalho foi recebido pela comunidade científica como um marco. A ciência não consegue mudar os nossos genes, mas agora já vê uma forma de regular as ações deles. Abre um caminho para diagnosticar doenças, como diabetes, pressão alta e câncer com mais precisão e criar medicamentos mais eficazes.

Segundo os pesquisadores, ainda vai levar alguns anos para que os pacientes sejam beneficiados.

fonte: G1

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *